Você sabe a diferença entre manejo florestal e reflorestamento?

  • por Marketing MP

Quando a madeira é extraída do meio ambiente, impactos negativos podem ser gerados ao mesmo e, por este motivo, foram criadas estratégias para neutralizá-los.

Muitas vezes confundidos, o Manejo Florestal e Madeira de Reflorestamento carregam características distintas em sua concepção, mas ambos foram criados para protejer o meio ambiente.

Manejo Florestal

O Manejo Florestal, segundo o IBAMA, é “a administração da floresta para obtenção de benefícios econômicos, sociais e ambientais, respeitando-se os mecanismos de sustentação do ecossistema”.

Assim, pode-se extrair a madeira de maneira legalizada minimizando impactos na natureza.

Em áreas de manejo retira-se em média cinco árvores por hectare, extraindo apenas as mais antigas.

Só é possível manejar essa área novamente após 30 anos. Tal medida garante que as árvores mais novas tenham espaço para se desenvolver e promover a renovação do ambiente.

Madeira de Reflorestamento

Assim como o manejo florestal, o reflorestamento tem como objetivo amenizar os danos da extração.

No entanto, neste caso é feito plantio de árvores de rápido crescimento, substituindo o uso de madeiras nativas que têm crescimento lento.

Sendo assim, essas árvores são colocadas já com o fim de serem extraídas. Quando retiradas, permitem o espaço para que novas sejam plantadas e assim continua o ciclo.

No Brasil, as madeiras de reflorestamento mais comumente utilizadas são o Pinus, Eucalipto e a Teca.

 

Compartilhar:

Post antigo Novo post